Informe os dados de acesso para entrar na área do assinante.

PepsiCo adquire caminhões movidos a GNV e expande projeto de carroceria sustentável

 

Publicado em 03/08/2022

Ações em prol das demandas por sustentabilidade que fazem parte da estratégia PepsiCo Positive, que quer reduzir as emissões de 40% em toda a cadeia produtiva até 2030 e se tornar Net Zero até 2040

Por Redação


Foto: Divulgação

A PepsiCo Brasil anunciou uma série de ações em prol das demandas por sustentabilidade, que fazem parte da estratégia PepsiCo Positive (pep+). A partir dela, a PepsiCo releva a busca de gerar valor sustentável por meio de três pilares: Agricultura Positiva, Cadeia de Valor Positiva e Escolhas Positivas.

A marca expandiu a frota sustentável, com a inclusão de 12 novos caminhões movidos à GNV, bem como a implementação de 100 veículos equipados com carroceria sustentável. O objetivo da PepsiCo é reduzir as emissões de 40% em toda a cadeia produtiva até 2030 e alcançar a meta Net Zero a nível global até 2040.

O protótipo de carroceria sustentável foi desenvolvido pela equipe da empresa em uma iniciativa piloto com um caminhão em Minas Gerais, lançada em janeiro. O projeto considera um baú de caminhão fabricado com plástico reciclado, de BOPP e garrafas PET, oriundo de embalagens dos snacks e bebidas da companhia, junto à fibra de vidro na composição.

Agora, as carrocerias sustentáveis foram expandidas para caminhões de médio porte, que atendem pequenos varejistas em todo o Brasil e que irão circular com a nova carroceria a partir de setembro.

“Estamos muito orgulhosos(as) de levar um exemplo de inovação em prol da sustentabilidade e da economia circular do Brasil para a PepsiCo global. Com a expansão do nosso baú de fibra com material reciclado, vamos dar um novo destino para mais de 68 mil unidades de garrafas PET, ou 3.400 quilos de PET, e mais de 138 mil embalagens de snacks, equivalente a 555 quilos de plástico BOPP. E a nossa ideia é ampliar esse projeto para todos os novos caminhões da nossa frota.” – Alexandre Carreteiro, Presidente da PepsiCo Brasil Alimentos.

A fabricação da fibra também pode consumir até 99% menos energia em kW/h em comparação à carroceria convencional feita de alumínio. O projeto foi desenvolvido em parceria com a Sulfibra, que desenvolveu a fibra sustentável em conjunto com a PepsiCo.

AMPLIAÇÃO DA FROTA DE VEÍCULOS COM VIÉS SUSTENTÁVEL

De acordo com o vice-presidente de Operações da PepsiCo Brasil, Paulo Quirino, a aquisição dos novos caminhões movidos a Gás Natural Veicular (GNV), a empresa soma 65 caminhões elétricos e a gás na frota própria. “Vamos seguir agregando novos veículos sustentáveis já no início de 2023 para conquistarmos um impacto positivo cada vez maior.”

A implantação dos caminhões com viés sustentável começou em 2020. Com isso, a PepsiCo estima uma redução total de emissões de carbono, frente aos veículos que utilizam combustíveis fósseis, de 926 mil quilos de CO2 – isso corresponde ao plantio de mais de 6.480 árvores.

Ainda em junho deste ano, a empresa também agregou à operação o e-Delivery11, da Volkswagen. Trata-se do primeiro caminhão elétrico fabricado 100% no Brasil.

“Precisamos estimular o crescimento da infraestrutura urbana necessária para o carregamento dos veículos elétricos no Brasil para que todos os esforços que as empresas estão fazendo possam promover uma transformação mais rápida. Sabemos que estamos caminhando para avanços significativos na nossa operação”, reforçou Quirino.

 

Veja também: