LogTalk LogTalk

Deloitte anuncia parceria com a Nimbi para expandir oferta de soluções de Supply Chain

Publicado em 19/12/2022

Prestadora de serviços global vê no movimento uma oportunidade de fortalecer área de outsourcing de compras e logística, além de permitir o acesso a novos clientes com serviços de ponta a ponta

Por Christian Presa


Foto: Divulgação

A Deloitte, prestadora de serviços a nível global, anunciou na última sexta-feira (16) uma parceria com a Nimbi, empresa de tecnologia especializada em gestão de Supply Chain. De acordo com a companhia, o propósito desta e outras alianças com empresas de tecnologia é apoiar a transformação de negócios de ponta a ponta, contemplando desde a estratégia aos momentos de implementação e operação.

A partir da parceria, as empresas atuarão de forma conjunta, buscando novos clientes e potencializando vendas por meio da oferta de soluções. Com isso, a Deloitte passa a oferecer serviços à antiga carteira de clientes da Nimbi, que voltará a priorizar o desenvolvimento e otimização de soluções tecnológicas. Esse movimento também inclui a incorporação de 80 profissionais que atuavam na Nimbi, que agora compõem o time da Deloitte de outsourcing de compras e logística.

De acordo com o sócio-líder da Consultoria Tributária da Deloitte, Luiz Fernando Rezende, a parceria contribui para fortalecer e diversificar progressivamente as nossas ofertas focadas na operação dos clientes. “Essa aliança é mais um movimento que se soma a ações recentes da Deloitte em busca de um posicionamento diferenciado no mercado, no contexto de novas oportunidades surgidas após as transformações em cadeias de suprimento de todo o mundo, aceleradas no período da pandemia.”

“Trata-se de uma complementariedade de serviços que representa o melhor dos dois mundos”, pontuou Rogério Panessa, líder de Terceirização de Serviços Financeiros, Fiscais e Contábeis da Deloitte. “Nós temos nos posicionado como principal provedor de soluções de ponta à ponta.”

Segundo o sócio de Consultoria Tributária da Deloitte, Márcio Panassol, essa estratégia é reflexo da necessidade de respostas ágeis por parte dos clientes. “Em uma cadeia de suprimentos pós-pandemia com os maiores desafios do mercado nos últimos tempos, é preciso oferecer soluções completas e cuidar do dia a dia operacional e tático para evitar a lentidão dos serviços dos clientes.”

O executivo destacou que não há previsão de aporte na Nimbi por parte da Deloitte. “O nosso compromisso com a Nimbi é fomentar a prestação de serviços de outscorcing de compras e logísticas para que eles continuem focados no que eles fazem bem, que é o desenvolvimento tecnológico. D nosso lado, o foco será contribuir com profissionais qualificados.”

PERSPECTIVAS

Para 2023, o setor de logística vê a chegada de um ano desafiador e com oportunidades, uma visão compartilhada pela Deloitte. “Precisamos estar preparados para atender qualquer tipo de impacto. Vamos ter questões como ESG e consumo consciente muito fortes, e também não há deixar de falar de tecnologia”, pontou Márcio Panessal. “Todos esses componentes vão precisar ser tratados com mais ênfase e. chegada de um novo ano nos deixa felizes, pois é uma oportunidade de somar todos esses componentes ‘na largada’ e estar prontos para atender essas demandas.”

Em relação à prospecção de novos clientes e melhorias no atendimento da base atual, Rogério Panessa diz que a proposta é combinar as duas estratégias. “Temos uma grande oportunidade de negócios, frente aos desafios, de ter mais clientes e atender a base atual de forma mais completa.”