Multilog Multilog

GFlow Log ajuda empresas a mapear processos e mudar procedimentos

Publicado em 18/04/2023

Segundo a TI+ Soluções, desenvolvedora do software, a ferramenta de gestão de pátio e docas foi desenvolvida para atender as demandas de controle e monitoramento de centros logísticos de distribuição

Por Redação


Fundadores da companhia reforçaram flexibilidade da ferramenta (Arte: Divulgação)

O GFlow Log, um YMS (Yard Management System) embarcado com um BPM (Business Process Management) desenvolvido pela TI+ Soluções, é uma ferramenta de gestão de pátio e docas desenvolvida para atender as demandas de controle e monitoramento de centros logísticos de distribuição. O software permite integração com soluções de TMS e WMS.

Segundo a empresa, o GFlow Log foi desenvolvido para unificar técnicas, métodos e ferramentas gerenciais e garantir benefícios para a empresa ao controlar e monitorar seu desenvolvimento, conclusão e andamento de processos. A ferramenta também possibilita medição da eficiência das ferramentas empregadas para gestão desses procedimentos.

“O principal diferencial é ter sido desenvolvido para suportar a inclusão de fases, de elos operacionais, falando a língua da logística, entendendo a dor do negócio e permitindo que o processo seja estruturado lá dentro, de modo a funcionar como se fosse uma solução customizada, embora seja uma ferramenta de fácil parametrização, realizada por um consultor da TI+ Soluções”, afirma Carlos Alberto Pereira, fundador da TI+ Soluções.

MAPEAMENTO É FUNDAMENTAL PARA O SUCESSO DA FERRAMENTA

De acordo com a TI+ Soluções, é impossível promover melhorias no processo se a empresa não tiver mapeado o que ela tem e o que ela faz exatamente. Informações como o tamanho de janela, o número de carregamento médio efetuado por hora, quais os veículos que mais expedem, etc. são cruciais para estabelecer como ela está e como quer ficar.

“A falta de dados, ou dados desconexos, é um problema comum na logística, formando as ilhas de informações, limitadas às suas áreas. Não há compartilhamento e para fazer um mapeamento faz-se necessário juntar dados de vários setores, para então visualizar o processo. A TI+ Soluções normalmente sugere a implantação do GFlow Log de forma muito próxima à operação atual da empresa, com melhorias sutis que gerarão informações conexas”, destacou Emmanuel Pereira, que também é fundador da TI+ Soluções.

Com o produto, a empresa constrói o seu próprio fluxo, designando cada ferramenta de forma integrada, consolidando as informações de todas as áreas de forma digitalizada, mesmo que uma etapa ainda seja analógica.

Isso é possível graças as interfaces do GFlow Log, que busca, mesmo em outros sistemas já implementados, informações importantes, como início e término da atividade, quem e como executou, etc. Dessa forma, a ferramenta comprova as informações e as coloca a serviço dos resultados.

Segundo a empresa, o GFlow Log é uma ferramenta flexível, configurável e aberta a mudanças e atualizações. Como ele funciona por meio de diagramas, é possível adicionar recursos.

“A ferramenta auxiliou muito nas medidas sanitárias contra a covid-19, já que possibilitou incluir checklists nas portarias, por exemplo, para aferir temperatura e saber se a pessoa tem condições de saúde de adentrar a empresa. Nesse exemplo é possível adicionar evidências, como foto do visitante, do termômetro e qualquer outra que a empresa julgar importante”, ressaltou Carlos Alberto Pereira.

O executivo ressalta que o desenvolvimento de software até hoje segue uma linha estrutural que o torna rígido, não sendo possível utilizá-lo como um Excel, por exemplo. Para prover mudanças é preciso chamar um especialista, fazer um levantamento, enviar para o fabricante, enfim, é um processo lento e que pode não apresentar o resultado esperado.