LogTalk LogTalk

Hyster Brasil apresentará nova empilhadeira durante a Intermodal 2023

Publicado em 02/02/2023

Fabricante americana destacou que o equipamento, que integra a linha de Big Trucks da Hyster, é indicado para segmentos como siderurgia, mineração, portos e setor madeireiro

Por Redação


Equipamentos possibilitam customizações baseadas em aplicação, modelo e ambiente de trabalho (Foto: Divulgação)

A Hyster Brasil anunciou que participará da Intermodal South America 2023, que será realizada entre os dias 28 de fevereiro a 2 de março, em São Paulo. No evento, a fabricante americana irá apresentar a empilhadeira H25XD-12, que integra a linha de Big Trucks da Hyster e promete trazer robustez, força e alta capacidade para operações complexas da movimentação de cargas.

No comunicado, a Hyster ressaltou que o equipamento é indicado para segmentos como siderurgia, mineração, portos e setor madeireiro. Segundo dados da Associação Mundial do Aço (Worldsteel), o setor siderúrgico é um dos mais produtivos do Brasil, sendo que, em 2020, produziu 31 milhões de toneladas de aço bruto.

As empilhadeiras de alta capacidade da Hyster possuem capacidade nominal de até 52 toneladas. Os equipamentos também possibilitam customizações baseadas em aplicação, modelo e ambiente de trabalho.

Na linha de máquinas de alta capacidade e movimentação de contêineres, a fabricante também disponibiliza cabines com design que oferece mais visibilidade para o operador. Para diminuir pontos cegos e aumentar a entrada de luz na cabine, portas e colunas estruturais foram aprimoradas. Além disso, a fabricante reforçou as estruturas do equipamento, substituindo o vidro superior da cabine por uma opção de alta resistência.

O diretor de Vendas de Big Trucks da Hyster Brasil, Fernando Cruz, ressaltou importância de que estes equipamentos disponham de cabines que sejam ergonomicamente adequadas e proporcionem o conforto e confiança necessários para os operadores de empilhadeiras. “Além de oferecermos treinamento, entendemos também que precisamos entregar a mesma interface de cabine para todo o nosso portfólio de empilhadeiras de alta capacidade e movimentadores de contêineres, com isso facilitamos a interação do operador, que não precisará aprender novos comandos ou controles a cada vez que trocar de máquina.”

O executivo complementou que, para uma operação segura, o operador deve ter a mão esquerda livre para acionar a direção, pois isso evita que ele solte o volante durante a operação. “Por isso, projetamos as cabines destas máquinas com todos os controles dos sistemas ao alcance da mão direita do profissional, de forma que o esforço de quem está manuseando o equipamento seja o mínimo possível, não sendo necessária a movimentação ou elevação do braço para acioná-los.”

Também fazem parte das inovações que acompanham as cabines dessa linha de produtos o sistema de telemetria integrado ao equipamento, o painel em tela touchscreen de 7 polegadas — que mostra informações imediatas sobre o funcionamento dos sistemas —, controles eletrônicos integrados, acionamento personalizável dos faróis e ar-condicionado com controle de temperatura digital.