Multilog Multilog

Penske gera redução de R$ 20 milhões no fluxo logístico da Mondelez no Brasil

Publicado em 12/07/2022

Parceria viabilizou, entre outras tecnologias, a criação chatbot para check de informações da operação em todo o país; companhia norte-americana é dona de marcas como Lacta, Oreo e Trident

Por Christian Presa, com informações de Assessoria de Imprensa


Foto: Divulgação

A operação brasileira da Mondelez Internacional, proprietária de marcas como Lacta, Oreo, Halls e Trident, registrou economia de R$ 20 milhões no fluxo logístico. A redução se refere ao período entre abril de 2017 – quando a parceria foi iniciada – até o momento.

De acordo com a empresa, a economia de R$ 20 milhões foi possível por meio de parceria com a Penske Logistics, que viabilizou portal personalizado de comunicação e chatbot para consulta de informações de despachos em todo o país e as fábricas da empresa, localizadas nas regiões Sul e Nordeste.

A economia se deu por meio da adaptação da metodologia LLP (Lead Logistics Provider) aos processos de inbound da Mondel?z. A melhoria no carregamento dos caminhões e a sincronização das coletas e entregas geraram ganhos na eficiência do transporte, com benefícios como redução no pagamento das estadias.

Segundo o head de Transporte e LLP da Penske Logistics Brasil, Marcelo Graça, a otimização dos processos da Mondelez reforça a expertise da Penske no setor alimentício.

“[O setor alimentício] impõe um desafio a mais em relação a outros segmentos, por incluir produtos perecíveis, distribuídos em cargas a granel e embaladas. Conseguimos compreender as necessidades do cliente e garantir a distribuição dos insumos em total consonância com as diferentes linhas de produção.” – Marcelo Graça, head de transporte e LLP da Penske Logistics Brasil.

“A disponibilização de uma equipe de especialistas totalmente dedicada à nossa operação, somada à compreensão das nossas demandas e à personalização dos fluxos de logística, permitiram um ganho significativo de eficiência, reconhecido por todas as equipes da Mondelez Internacional no Brasil envolvidas na parceria”, afirmou a gerente de Logística Inbound da Mondelez, Janine Ferro. “Em resumo, delegamos o trabalho operacional para a Penske e focamos nosso time interno em temas táticos e estratégicos, gerando valor à empresa.”

Apesar de se tratar de um caso destinado à indústria alimentícia, as empresas confirmam que o modelo, feito sob medida, pode ser aplicado a companhias de outros setores, a partir da relação entre os processos da companhia e a integração entre o sistema de planejamento de materiais do cliente e o TMS da Penske.