LogTalk LogTalk

Platinum Log projeta faturar R$ 300 milhões em 2024 e mira expansão no Nordeste

Publicado em 30/01/2024

Atualmente, empresa possui mais de 11 centros de distribuição no Brasil, presentes nos estados de Espírito Santo, Minas Gerais, São Paulo, Santa Catarina e Rio de Janeiro

Por Redação


Atualmente, a companhia possui 11 centros de distribuição no Brasil (Foto: Divulgação)

A Platinum Log anunciou que projeta alcançar o faturamento de R$ 300 milhões em 2024 e expandir as operações para o Nordeste. Atualmente, a companhia possui 11 centros de distribuição no Brasil, presentes nos estados de Espírito Santo, Minas Gerais, São Paulo, Santa Catarina e Rio de Janeiro

De acordo com o fundador da Platinum Log, Gustavo Steglich, a decisão de expandir operações no Nordeste visa diminuir o tempo de entrega para o consumidor. “Com essa expansão, pretendemos atingir uma capacidade operacional ainda maior, gerando uma capilaridade nacional para os nossos clientes,” afirmou.

INVESTIMENTOS EM TECNOLOGIA

Desde a sua primeira aquisição em 2022, a companhia investe na plataforma robusta de OMS ("Order Management System", ou "Sistema de Gerenciamento de Pedidos", em poruguês), integrando os principais serviços que geram análises para os clientes da organização.

“Nós visualizamos que após a primeira aquisição da companhia, os processos de TI são fundamentais para o crescimento da operação. Ao longo de 2023 investimos uma grande quantia para aperfeiçoar todos os serviços da Platinum Log e pretendemos neste ano complementar ainda mais a aplicação nesta área. Vale ressaltar que o nosso objetivo é que o cliente entenda que somos a melhor solução de logística do mercado, desde o frete interestadual até serviços robustos de fulfillment”, declarou Steglich.

Na última Black Friday, a companhia movimentou R$ 1,8 bilhão. “Atualmente a nossa estrutura contempla mais de 700 colaboradores e já atingimos o break even point da operação. Com certeza os investimentos que estamos realizando em infraestrutura, tecnologia, capacidade operacional e técnica vão resultar em uma estrutura ainda mais sólida e robusta,” ressaltou o executivo.