Multilog Multilog

BBM Logística registra Ebitda de R$ 28,4 milhões e receita líquida de R$ 352 milhões no 1T24 

Publicado em 21/05/2024

Em comunicado à imprensa, companhia declarou que conquistou 446 novos clientes, totalizando um faturamento na ordem de R$ 8 milhões ao longo do 1º de trimestre de 2024 

Por Redação 

BBM Logística registra Ebitda de R$ 28,4 milhões e receita líquida de R$ 352 milhões no 1T24 
Ao longo do 1T24, a BBM conquistou 446 novos clientes, totalizando um faturamento na ordem de R$ 8 mi (Foto: Divulgação)

A BBM Logística encerrou o primeiro trimestre de 2024 com um Ebitda de R$ 28,4 milhões, 7,2% superior ao mesmo trimestre do ano passado. Segundo a companhia, os destaques nos primeiros três meses deste ano foram os segmentos de carga fracionada e e-commerce, que tiveram alta de 14,2%, comparado com o 1T23. 

A receita líquida consolidada atingiu R$ 352 milhões no 1T24, 11,3% menor que a de 1T23. De acordo com a empresa, isso ocorreu devido à redução da operação de dedicados no segmento florestal e o “churn” forçado de clientes em carga fracionada. 

Em comunicado à imprensa, a BBM declarou que, ao longo do 1T24, conquistou 446 novos clientes, totalizando um faturamento na ordem de R$ 8 milhões. A margem bruta foi de 5,1%, número que está em linha com a estratégia da companhia para continuidade da melhoria operacional. 

A empresa teve uma evolução de 45% na margem do 1T24, comparada ao 4T23 e muito similar à margem bruta do 1T23, que apresentou uma receita líquida superior. 

“O aumento do Ebitda é fruto das ações comerciais, “cross-selling” e, principalmente, dos esforços na continuidade da melhoria operacional e da rentabilidade”, destacou o presidente da BBM Logística, Antonio Wrobleski. 

De acordo com a companhia, a geração operacional de caixa da BBM ficou em R$ 49,7 milhões, 137% superior ao 1T23, em função dos projetos de melhoria de processos, otimização da estrutura organizacional e aumento de produtividade. 

O presidente da BBM afirmou que apesar de todas as dificuldades enfrentadas nos últimos trimestres, está confiante para dar continuidade à estratégia de crescimento sustentável da receita operacional líquida, da melhoria das margens, do ganho de eficiência e do reforço da nossa estrutura de capital. 

“Para os próximos trimestres, a BBM mira continuar negociando o alongamento de prazos de pagamentos e melhores condições comerciais com seus fornecedores; intensificar a atuação para melhorar a base de clientes de forma a permitir a redução do prazo de recebimento e aumento do preço médio dos fretes; acelerar o projeto da plataforma digital; e garantir que todas as operações de carga fracionada estejam rodando na plataforma digital até o término do primeiro semestre de 2024”, afirmou a empresa em nota.