LogTalk LogTalk

Grupo Boticário inaugura novo centro de distribuição e amplia sua atuação logística

Publicado em 06/12/2022

Além de proporcionar evolução em 40% na capacidade logística, novo espaço possibilita redução no prazo de entrega dos pedidos e fomenta omnichannel aliado à sustentabilidade e inovação
 


Foto: Divulgação

Um conteúdo

O futuro está na integração do atendimento físico ao digital, passando também pelas ações operacionais. A pandemia da Covid-19 evidenciou ainda mais a importância desse tema e, segundo o Relatório Varejo 2022, da Adyen em parceria com a KPMG, 61% dos consumidores disseram que os varejistas devem continuar oferecendo a mesma flexibilidade multicanal que proporcionaram durante a pandemia.

Na vanguarda do mercado de beleza, o Grupo Boticário investiu cerca de R$107 milhões no novo Centro de Distribuição (CD) em Campina Grande do Sul, no Paraná, inaugurado na última semana, reforçando sua estratégia multicanal e multimarcas.

Mais moderno em sistemas digitais avançados, ditando tendência para o mercado, o novo espaço tem cerca de 20 mil m², capacidade para separar até 871 mil produtos por dia, acomoda mais de 14 mil posições-pallets, e é o primeiro 100% multicanal e multimarcas da empresa, não sendo mais segmentado por marca ou canal. Ou seja, com essas novidades e mudanças, o Grupo proporcionará uma experiência ainda melhor, pois o consumidor efetuará suas compras nos mais diversos canais e receberá todos os itens em uma só entrega. "Sempre observamos as tendências e o movimento do consumidor, que agora quer pedir o que quiser, quando quiser, a partir do dispositivo de sua preferência e receber no menor tempo possível – importante diferencial para o varejo, a rapidez na entrega. Por isso, temos investido cada vez mais na área de operações, com aperfeiçoamento de processos, ampliação e construção de novos CDs”, diz Sergio Sampaio, vice-presidente de Operações do Grupo Boticário. 

Para o executivo, o CD proporcionará uma evolução de 40% na capacidade logística, refletindo em ampliação de armazenamento, desenvolvimento e produção de produtos. “A expansão da atuação em Campina Grande do Sul é mais um passo que damos em prol de estar cada vez mais próximos das necessidades dos consumidores, a partir do aperfeiçoamento da nossa operação. Precisamos nos antecipar às tendências futuras de nossos clientes”.

A expectativa é que o prazo de entrega dos pedidos realizados por revendedores, franqueados e clientes reduza em um a dois dias, possibilitando melhor experiência ao consumidor, ganho de eficiência, produtividade e menor margem de erro. 

Alinhando produtividade com sustentabilidade, tema que é transversal em toda companhia, foram usadas 87 toneladas de resíduos reciclados no processo de construção e ampliação do centro, desde o uso de paredes de blocos sustentáveis até a terra para a fundação e papelão das embalagens. 

Integrando o Polo da Beleza do Paraná, o CD se soma a outras iniciativas realizadas pelo Grupo na região, como o novo Centro de Pesquisa, Inovação e Desenvolvimento, instalado na fábrica de São José dos Pinhais (PR), contribuindo com o desenvolvimento socioeconômico do Estado. Já são pelo menos 250 empregos diretos e indiretos gerados pela inauguração do CD, e há uma expectativa de crescimento de, pelo menos, 30 a 40% no número de postos de trabalho nos próximos cinco anos. Vale ressaltar ainda que a companhia investiu neste ano também em seu outro Centro de Distribuição, localizado em Varginha, Minas Gerais. 

Com esses investimentos e expansão, o Grupo alavanca a ambição de se tornar o melhor e maior ecossistema de beleza para o mundo, sempre comprometido com o desenvolvimento socioeconômico do Brasil, em especial nas regiões dos Polos da Beleza, ecossistema que alavanca as regiões onde está presente, reunindo fábricas, centros de distribuição e empresas parceiras.