Multilog Multilog

Logistics Advantage: Com novo posicionamento, nstech quer desafiar “status quo” da logística 

Publicado em 17/06/2024

Segundo a companhia, conceito propõe que as empresas passem a enxergar a cadeia logística de forma integrada e ecossistêmica, adquirindo vantagens competitivas e potencial de crescimento 

Por Redação 

Logistics Advantage: Com novo posicionamento, nstech quer desafiar “status quo” da logística 
nstech anunciou novo posicionamento de marca: a “Logistics Advantage” (Foto: Divulgação)

A nstech anunciou novo posicionamento de marca: a “Logistics Advantage”. Segundo a companhia, a proposta é instigar executivos dos mais diversos segmentos a deixar de pensar as cadeias logísticas a partir da lógica linear e passar a enxergá-las de forma ecossistêmica e integrada, como vetores de vantagem competitiva, de crescimento para expandir market share, aumentar margens e entregar mais sustentabilidade. 

Com expertise local e soluções centralizadas em uma plataforma, a nstech ajuda empresas a embarcarem na jornada de transformação do Supply Chain. 

"Empresas que querem se destacar no mercado precisam aderir ao conceito de ‘Logistics Advantage’, ou seja, transacionar do modelo convencional para o ecossistema Open Logistics, que redefine a logística com integração inteligente, eficiência operacional e visibilidade completa da cadeia de suprimentos", explicou Vasco Oliveira, CEO da nstech, pioneira na categoria open logistics. 

De acordo com dados do Instituto de Logística e Supply Chain (ILOS), a logística representa 16% do PIB do Brasil — ou seja, é 44% menos eficiente do que a dos EUA. Além disso, o setor tem um impacto direto no top-line de 5 a 20% dos custos como porcentagem da receita num cenário em que mais de 60% das empresas brasileiras enfrentam pressão nas margens. 

 “Com isso, os executivos são obrigados a fazer trade-offs, como melhorar o nível de serviço versus reduzir custos,”, afirmou a companhia em comunicado. 

De acordo com a nstech, o conceito de “Logistics Advantage” se propõe a reverter o cenário, estabelecendo uma relação colaborativa, ganha-ganha e dinâmica, em constante orquestração, contemplando todas as etapas da jornada logística na plataforma integrada da nstech. Dessa forma, o grupo busca ajudar na jornada de diferenciação competitiva na logística para os players. 

A empresa — que faturou R$ 800 milhões em 2023 — já investiu, desde sua fundação em 2021, R$ 1,5 bilhões em crescimento orgânico e inorgânico. Atualmente, são mais de R$ 15,5 trilhões em valor de carga que passam pela plataforma nstech a cada ano, 70 mil clientes ativos e 2,5 milhões de motoristas cadastrados no banco de dados. 

“Estamos em posição única, para ajudar a guiar nossos clientes pela jornada ‘Logistics Advantage’ de forma fluida e adaptável, nos tornando grandes aliados para auxiliar na resolução de seus desafios”, destacou Vasco Oliveira. “Hoje, temos a plataforma Open Logistics mais completa do mundo, com um vasto banco de dados do setor, além de um time amplamente capacitado, que oferece uma expertise local de excelência aos clientes no Brasil e América Latina. Tudo isso possibilita um crescimento sustentável a longo prazo, com ampliação das margens e liberação de fluxo de caixa.” 

Segundo a companhia, as empresas líderes dos setores agro, industrial, distribuição, varejo e e-commerce já integram a jornada de “Logistics Advantage” com a nstech. Utilizando a plataforma de soluções integradas, os clientes nstech conseguiram reduzir em 96% o tempo de reprogramação de rotas, ampliaram a eficiência operacional em 20% e obtiveram 8% de redução de custos com transportes. 

“Mais do que uma mudança de posicionamento, o que estamos propondo aqui é uma transformação de mentalidade do setor. Nenhum dos elos da cadeia logística deve perder para que outra avance. Num sistema de natureza interdependente, é preciso trabalhar em conjunto, oferecendo integração de tecnologias de ponta, dados que viram insights para tomadas de decisão assertivas, apoiados por pessoas com conhecimento do mercado local. A nstech quer compartilhar conhecimento para aprimorar a cadeia de suprimentos, viabilizando a construção das jornadas de Logistics Advantage para promover economia de custos, crescimentos sustentáveis e adequação ao compliance”, explicou Eduardo Steinberg, conselheiro e sócio da Greenbridge, empresa sueca que é sócia da companhia. 

TECNOLOGIAS COMPLETAS E MODULARES 

A plataforma da nstech ajuda as empresas a otimizarem dois ativos importantes: pessoas e tecnologia, incluindo: 

  • Eliminação de esforços manuais: automatização de todos os processos com as principais soluções, desde o recebimento de pedidos até a roteirização, rastreamento da entrega, emissão de documentos até o pagamento final. 

  • Gerenciamento eficaz de riscos: background check de motoristas, prevenção de acidentes, redução de roubos de cargas, redução de processos trabalhistas. 

  • Simplificação de operações para fornecedores, transportadoras e motoristas: digitalização de documentos, automação de contratação de fretes, pedidos inbound e agendamentos de entregas. 

  • Cibersegurança com padrões globais: atendimento de padrões globais para empresas de nuvem nível 1. 

  • Inovação contínua: a nstech conta com 800 engenheiros e destina 18% da sua receita para pesquisa e desenvolvimento.