Assinatura Premium Assinatura Premium

Maped prevê o acompanhamento de mais de 12 mil entregas em 2023 com tecnologia da eSales

Publicado em 28/07/2023

Segundo a multinacional de origem francesa, a parceria nasceu da necessidade de fortalecer o comércio eletrônico da marca nacionalmente; o TMS Entregou conecta todas as etapas da cadeia logística

Por Redação

Maped prevê acompanhamento de mais de 12 mil entregas em 2023 com tecnologia da eSales
Segundo a empresa, o TMS Entregou conecta todas as etapas da cadeia logística (Foto: Shutterstock)

A Maped tem apostado na gestão de transporte com tecnologia da eSales. Segundo a companhia, em 2023, mais de 12 mil entregas devem ser acompanhadas através do Sistema de TMS Entregou. A parceria nasceu da necessidade de fortalecer o comércio eletrônico da marca nacionalmente.

Conforme o gerente de Supply Chain da Maped, André Ferreira, o transporte dos produtos sempre foi uma etapa muito importante para a operação e era necessário automatizar processos que eram realizados manualmente.

“As funcionalidades do serviço da eSales são o grande diferencial: controle de entregas, performance de transportadoras, conferência das faturas e acesso para os representantes de vendas. Esta última facilidade pode até parecer simples, mas faz muita diferença no trabalho como um todo”, afirmou o executivo.

“Temos 50 representantes e cada um gerencia centenas de notas fiscais de compra em aberto. Antes, para consultar essas entregas o representante tinha que ligar no nosso escritório, pedir relatórios. Agora, basta ele acessar o sistema para tirar qualquer dúvida”, explicou Ferreira.

De acordo com a empresa, O TMS Entregou conecta todas as etapas da cadeia logística. Isso quer dizer que as ferramentas foram desenvolvidas para atender desde a gestão de pátio para recebimento de insumos, passando pela contratação de fretes, integração com transportadores, conferência e auditoria de fretes, gestão de CT-es e ocorrências de transporte, visibilidade de faturas, tracking de pedidos, ressarcimento e indicadores da operação.

REESTRUTURAÇÃO

Em 2022, os custos de importação deram um salto e isso afetou a cadeia de transportes da empresa. Com isso, o time da eSales fez uma reestruturação no sistema rodando para a multinacional e, assim, revisou-se a malha e houve troca de transportadores. Segundo a Maped, o trabalho conjunto evitou prejuízos e permitiu que a operação fechasse o ano alinhada às expectativas da empresa.

“As expectativas para o futuro são as melhores possíveis: a eSales tem as ferramentas para atuar em todo o processo de transporte, identifica fragilidades e atua para saná-las, e faz o apoio com alertas e detecção de problemas. É um parceiro que faz a gestão de transporte para a Maped, esse é o objetivo final”, disse Ferreira.