Multilog Multilog

Grupo Emtel investe R$ 25 milhões para potencializar a logística com compra de novas máquinas 

Publicado em 05/07/2024

Para até o final de 2024, existe a previsão da companhia de investimento de R$ 50 milhões para atender principalmente os setores da construção civil e agronegócio 

Por Redação 

Grupo Emtel investe R$ 25 milhões para potencializar a logística com compra de novas máquinas 
Novas máquinas para atender a demanda de locação de frota para o setor do agronegócio (Foto: Divulgação)

O Grupo Emtel investiu R$ 25 milhões em aquisição de novas máquinas para atender a demanda de locação de frota para o setor do agronegócio. Foram adquiridos tratores agrícolas, escavadeiras, tratores de esteira, carregadeiras e diversos implementos específicos. 

As vendas externas brasileiras de produtos do agronegócio foram de US$ 15,24 bilhões em abril de 2024, um valor 3,9% superior na comparação com os US$ 14,67 bilhões exportados no mesmo mês de 2023. Esse resultado correspondeu a 49,3% das exportações totais do Brasil — segundo dados da Secretaria de Comércio e Relações Internacionais. 

De acordo com o CEO da companhia, Luciano Miranda, com base em negociações e contratos que devem ser fechados até o final de 2024, o Grupo Emtel investirá mais R$ 25 milhões em máquinas para atender a demanda do agronegócio e da construção civil. 

Além da locação de máquinas específicas para o agronegócio, a empresa também possui operações para locação de equipamentos de linha amarela para outros segmentos como obras de infraestrutura, saneamento, mineração e indústria. 

OPERAÇÃO 

A Emtel também possui frota de veículos leves, caminhões, máquinas e equipamentos de acordo com a necessidade de cada operação. “A nossa divisão de locação de frotas hoje representa 43% dos negócios do Grupo Emtel como um todo”, afirmou o CEO. 

Já o setor de logística e transporte corresponde a 39% da operação do grupo, que envolve logística reversa e direta: recepção, armazenagem, controle de estoque, carga e descarga, expedição e transporte, com centros de distribuição localizados em locais estratégicos para uma operação nacional e completa para segmentos diversos. 

DESEMPENHO FINANCEIRO 

Segundo a companhia, o faturamento bruto da empresa em 2023 ultrapassou a marca de R$ 300 milhões, um aumento de 25,61% em relação a 2022. 

Com relação à performance operacional e a geração de caixa, o Grupo Emtel fechou com Ebitda com crescimento de 16,66% referente a 2023 na comparação com o ano anterior. 

Segundo o CEO, Luciano Miranda, a companhia mira novos horizontes, principalmente nos setores do agronegócio, construção e infraestrutura. “Para manter este forte ritmo de crescimento, o nosso plano de expansão deve ultrapassar R$ 500 milhões nos próximos 4 anos, sendo que somente em 2024 deveremos investir R$ 150 milhões em nossas operações”.