LogTalk LogTalk

Terceirizar gerenciamento aumenta eficiência do estoque, afirma CWBem

Publicado em 23/06/2023

Segundo especialista, empresas ampliam a própria competitividade quando terceirizam demais atividades relacionadas ao estoque e conseguem se concentrar no core business

Por Redação

Terceirizar gerenciamento aumenta eficiência do estoque, afirma CWBem

O giro de estoque é um dos indicadores de desempenho mais relevantes para empresas que aumentaram as vendas não apenas na equação compra e venda, mas na organização, exposição dos produtos, entregas e inventários. A constatação é do SEBRAE, apontando ainda que a movimentação de estoque sistematizada organiza o crescimento no controle físico e financeiro de estoque.

Segundo a CWBem, prever qual produto vai faltar, ou sobrar, precisa estar em simbiose com os gostos e hábitos do consumidor para evitar prejuízos. Se o controle logístico é um desafio enorme para empresas modernas, a terceirização dessas operações pode se tornar um alívio para a gestão interna.

“Cada empresa tem seus objetivos seguindo sua demanda e seus requisitos de fabricação. Portanto, a terceirização é algo muito particular para cada negócio, pois depende do suporte de estoque disponível”, explicou Renato Pádua, gerente Comercial da CWBem.

Segundo Pádua, para alcançar uma vantagem competitiva de ponta, o estoque passa a ser um fator vital na redução de custos e escoamento de produtos, situação que requer um planejamento especial para que as entregas não falhem.

EFICIÊNCIA DO PROCESSO

O especialista afirmou que as empresas se tornam muito mais competitivas quando terceirizam demais atividades relacionadas ao estoque e conseguem se concentrar no negócio principal.

“Estamos falando em mecanismos para que as empresas possam manter o foco nas suas competências essenciais, enquanto adquirem vantagens competitivas com marketing, aumentando sua diferenciação no mercado”, explicou. “A terceirização elimina tarefas rotineiras na logística como o uso intensivo de recursos, reduzindo custos”.

ESPAÇO DE ESTOQUE

Renato enfatizou que soluções terceirizadas na logística podem aproveitar melhor o espaço. “Nem sempre as fábricas podem investir em construir novos galpões, e dependendo do negócio, nem é preciso. Basta uma gestão terceirizada alinhada para reduzir esta pressão no volume de produtos. Ajustes podem acontecer com a redução ou eliminação de etapas e a terceirização é a solução que consegue contemplar o que precisa ser adaptado.”