Assinatura Assinatura

Conheça as cinco estradas mais perigosas do mundo

Publicado em 10/01/2024

De condições climáticas adversas ao excesso de curvas e tráfego de veículos, as estradas desta lista estão entre as mais arriscadas para os motoristas

Por Redação


Enfrentar o desafio dos acidentes em estradas e rodovias do Brasil não é uma questão simples (Foto: Shutterstock)

Os acidentes de trânsito são uma realidade desafiadora que afeta todo o planeta. Segundo dados da Organização das Nações Unidas, todo o ano, aproximadamente 1,19 milhão de pessoas perdem suas vidas em virtude de algum incidente nas estradas e rodovias, enquanto outras 50 milhões sofrem lesões que, embora não fatais, podem culminar em deficiências motoras.

As razões para esse quadro preocupante são diversas: desde imprudência no volante, má direção e uso de álcool até a infraestrutura das estradas – muitas delas apresentando condições precárias para o tráfego de veículos ou mesmo contextos geográficos que, por si só, são um risco para os motoristas e pedestres.

"Segundo dados da ONU, todo o ano, aproximadamente 1,19 milhão de pessoas perdem suas vidas em virtude de algum acidente nas estradas e rodovias ao redor do mundo, enquanto outras 50 milhões sofrem lesões não fatais."

Pensando nesse segundo aspecto, separamos as 5 estradas mais perigosas do mundo, de acordo com diferentes pesquisas e listas que abordam o tema. Sejam pelas suas curvas fechadas, terreno acidentado ou mesmo a presença de desfiladeiros e dificuldades climáticas, estamos falando de trechos que exigem máxima atenção, responsabilidade – e uma boa dose de coragem!

  1. Skippers Canyon Road, Nova Zelândia

A bela vista do rio Shotover na Ilha Sul da Nova Zelândia cobra um preço que não é para qualquer um: trafegar ao longo de uma estrada de 22 quilômetros, com muitos trechos sem pavimento e rodeada por declives, desfiladeiros e até deslizamento de rochas. O trecho foi considerado por levantamento da Stress Free Car Rental, empresa inglesa, como o mais perigoso do mundo. Construída por mineradores no século XIX, a estrada possui ainda muitas curvas estreitas e sem proteção em caso de derrapadas.

  1. Rota Internacional 60, Chile

Ocupando o segundo lugar na lista da Stress Free Car Rental, temos a rota chilena que atravessa a Cordilheira dos Andes e que também é conhecida como "O caminho dos caracóis". Com um pico de altitude de quase 4 mil metros, o trecho é conhecido pelo tráfego intenso de caminhões, excesso de curvas e pela presença comum de neve que deixa o terreno escorregadio e ainda mais perigoso para os motoristas.

  1. North Yungas Road, Bolívia

Listada pela Discovery como uma das estradas mais perigosas do mundo, o trecho que liga La Paz a região de Yungas é composto por 69 quilômetros, curvas em zigue zague, e presença comum de neblinas e deslizamentos de terra – tudo isso a mais de 600 metros de altura. Devido a seus riscos, a estrada já foi batizada de Death Road e, segundo estimativas recentes, tem uma média de 300 acidentes fatais por ano.

  1. Estrada do Desfiladeiro de Taroko, Taiwan

Com outra paisagem de tirar o fôlego composta por cânions, montanhas e cachoeiras, a estrada de vinte quilômetros, no entanto, exige que os motoristas redobrem os cuidados, principalmente em virtude das condições climáticas – que envolvem neblina e tempestades. Diante dos riscos de deslizamento, em determinadas épocas do ano, os motoristas costumam evitar o trecho.

  1. The Stelvio Pass, Itália

Fechando nossa lista, outra estrada que apresenta muitos riscos para os motoristas também em virtude do clima é a italiana Stelvio Pass. O trecho percorre uma área montanhosa do norte da Itália e, em seu pico, pode chegar a mais de 2,7 mil de altura, com pavimentação escorregadia em virtude da neve.

Seja qual for o grau de risco da estrada, o maior aliado do motorista será sempre a responsabilidade e atenção no volante. O comportamento dos condutores, aliás, é determinante para que a meta da ONU de redução pela metade nos números globais de acidentes seja atingida até 2030.

ESTRADAS DO FUTURO

Enfrentar o desafio dos acidentes em estradas e rodovias do Brasil não é uma questão simples e, ao mesmo tempo, trata-se de uma demanda que pede urgência. De acordo com dados da CNT (Confederação Nacional de Trânsito), só em 2022, mais de 64 mil acidentes foram registrados no país — desses, 82,1% deixou vítimas, incluindo mortos e feridos. Em termos gerais, o Brasil ocupa a preocupante posição de 3º país com o maior número de mortes no trânsito, conforme relatório da OMS (Organização Mundial de Saúde). 

MundoLogística lançou a campanha “Estradas do Futuro”, uma iniciativa que conta com patrocínio da nstech e da Quartzolit, apoio da Onisys, da Associação Brasileira de Operadores Logísticos (ABOL) e da Associação Brasileira de Logística (Abralog). Por meio da campanha, o intuito é unir os diferentes atores da cadeia logística nacional, difundindo conteúdos educacionais que tragam tanto visibilidade para a pauta da segurança no transporte rodoviário, quanto práticas e divulgação de soluções que possam colaborar com a capacitação e proteção de motoristas.

 

 

 

Exclusivo e Inteligente

Mantenha-se atualizado em Logística e Supply Chain

Saiba mais